Família e a Proteção Social

01/06/2021

A FUNSAI compartilha a concepção de que a família é um conjunto de pessoas que se encontram unidas por laços consanguíneos, afetivos e/ou de solidariedade. É um núcleo básico de acolhida, convívio e sustentabilidade, em que se compartilha um cotidiano de obrigações recíprocas e mútuas. É onde as pessoas se acolhem, atendem seus idosos, formam suas crianças e adolescentes, transmitem tradições e planejam o futuro. A família é o primeiro núcleo de apoio dos indivíduos, tendo necessidade de ser fortalecida para exercer seu papel de cuidado, afeto, proteção e promoção. O desenvolvimento das famílias também depende da capacidade de acesso aos recursos necessários para ascensão de seus membros.

As mudanças dos aspectos socioeconômicos e as fragilidades relacionais marcam a atual realidade das famílias e isso amplia as pressões sociais, afetivas, relacionais e cognitivas sob as famílias e/ou indivíduos. Esse contexto pode levar muitas famílias a ter diversas dificuldades para sua sobrevivência no seu diaadia. Por isso, é de extrema importância as famílias acessarem os serviços, projetos, programas e benefícios das diversas políticas públicas, com isso a proteção social, que é de responsabilidade do Estado, protegerá as famílias garantindo o seu desenvolvimento em todas as fases da vida. E como acessar as políticas públicas de saúde, educação, assistência social, lazer, cultura, trabalho e renda? Podemos começar pelo o Centro de Referência a Assistência Social (CRAS), que é um espaço público da Política Pública de Assistência Social, onde há trabalhadores especializados para o atendimento das famílias e indivíduos em situação de diversas vulnerabilidades sociais e relacionais, focado para o desenvolvimento de potencialidades e aquisições, do fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, e da ampliação do acesso aos direitos. Aqui no nosso território do Ipiranga, o CRAS fica na Rua Taquarichim, 290 - Vila Vera - São Paulo - SP, 04296-100, e nesse contexto pandêmico para ser atendida é necessário o pré-agendamento pelo o telefone 156 ou pelo site: agendacadunico.prefeitura.sp.gov.br.

As Unidades da FUNSAI são ligadas à política de assistência social: CAJ (Centro de Apoio à Juventude, para crianças e adolescentes); o Centro de Convivência Vivavida(para pessoas de 60 anos e mais); o Acolhimento Familiar; os Projetos Família Elo e Transformação e Empreendedoras em Moda, as Unidades da política da Educação Infantil ( Berçário Anjo da Guarda e Centro e Educação Infantil), e a Unidade de Cultura ( Quixote-Espaço Comunitário) e o Projeto Conectados ( comunicação social), também, compõe a rede de proteção social das famílias, uma vez que articulados com os órgãos públicos dos territórios de moradia de cada família, orienta, encaminha e informa as famílias sobre os atendimentos conforme as suas demandas sociais, afetivas, econômicas, relacionais, de saúde, dentre outras.

Procure a nossa equipe técnica de uma Unidade da FUNSAI, e vamos juntos conhecer, proteger e fortalecer os vínculos de nossas famílias!

Como o Diálogo e o Afeto Contribuem Para A Proteção Da Família.

Muitas vezes pensamos: "Ah, se tivesse um "pozinho" mágico para tornar a dinâmica familiar saudável!" "Se tivesse algo para que não houvesse tantos problemas nas relações da minha família"! Pois existe, e está próximo de nós. E ele se chama diálogo, associado com afeto, a escuta e o limite são ferramentas para conquista de um ambiente harmonioso e acolhedor nas nossas famílias.

O afeto: abraço, toque e a palavra que acolhe, nos aproximam dos nossos filhos, pais, avós, e casais. A escuta atenta, curiosa e interessada pode nos ajudar a reconhecer o que sentem, pensam, necessitam e quais caminhos estão trilhando.

Juntamente o afeto, com a escuta atenta está o limite, o dizer não quando necessário. O limite traz segurança e ajuda as crianças e adolescentes a discernir o certo do errado, o adequado do inadequado.

Agindo desta forma, unindo cuidado, amor, proteção, segurança e limite, estaremos atendendo às necessidades básicas de qualquer ser humano, construindo uma dinâmica familiar saudável e um mundo melhor para todos.